7 de janeiro de 2011

Mais uma da belíssima banda VALIDUATÉ !

‘Fractal metamórfico barbitúrico colossal
Pórtico liso erudito transformusculacional ...


Ah! houve um lindo casamento
O casal não gastou com alianças
E na hora do sim, o padre os aproximou
E passou super bonder nos dois
Os dois à milanesa no super bonder
Os dois num rocambole de super bonder
Os dois num banho-maria de super bonder
Ah! e os convidados, os convidados não tinham arroz
E xiringavam super bonder no casal apaixonado
Ah! e a lua de mel "ei mãe, ei mãe, ei mãe"
Uma lua de mel seria floriescorregadia
E o casal então teve uma lua de super bonder
Hoje os dois vivem juntinhos até que a morte os separe (...)


E a gente grita super super super bonder!
E no mundo não há mais separação ...’

Superbonder – Validuaté

2 comentários:

  1. Ai que coisa linda!

    Adorei!

    =)

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Minha mais nova amiga!*-*
    É tão especial quanto esse blog!
    Me encanta!=D

    Abraço!:)

    ResponderExcluir

Foi além..? Pois compartilhe o que sentiu!